Nomes Próprios

Os gráficos apresentados em baixo são construídos com base em nomes de 8.200.000 pessoas adultas, residentes em Portugal, constantes da base de dados SPIE apenas para efeitos estatísticos. Por razões legais, a SPIE não mantém em bases de dados nomes de menores. Introduza um nome próprio existente em Portugal não utilizando caracteres acentuados, til ou cedilha. O gráfico gerado representa a frequência com que a palavra aparece, como primeiro nome próprio, em nascimentos entre 1920 e os anos 90.